With Love, From Lush: Soap + Body Conditioner Review


 Ler em Português      Read in English

MARCAS VEGAN E CRUELTY FREE
No início deste ano falei-vos da minha intenção em ter uma rotina de skincare cada vez mais consciente e informada relativamente aos ingredientes dos produtos de cosmética que uso e à forma como estes são produzidos, e tenho priorizado marcas vegan e cruelty-free.

Tendo iniciado esta descoberta, naturalmente fiquei muito contente com o miminho com que a Ana me recebeu numa sessão fotográfica, não só pelo gesto em si, como pelo facto de até à altura não ter experimentado nada da marca mas já andar com alguma curiosidade. 




Ainda antes de testar os produtos, quis aprender mais sobre a marca e fiquei a saber que é sediada em Poole, no Reino Unido, foi fundada há 21 anos, comercializa produtos que são fabricados de forma artesanalnão testa em animais, é 100% vegetariana, e parcialmente vegana, - 80% dos seus produtos são veganos (não usam nada de origem animal nas suas fórmulas). Tem uma posição muito activista face os direitos dos animais, ao comércio sustentável, e adopta várias medidas para minimizar o desperdício de materiais no packaging, usando materiais reciclados e incentivando à reutilização das embalagens.


Que cheirinho bom que senti de imediato assim que desembrulhei esta edição especial de São Valentim - With Love, que incluía um produto para limpeza da pele - o sabonete Love You, Love You Lots e o outro para hidratação - o condicionador corporal de banho Ro's Argan, ambos feitos com pétalas de rosas.

SABONETE LOVE YOU, LOVE YOU LOTS | VEGAN ✔
Algo que aprecio muito na aplicação de cosméticos é a fragrância e o cheirinho deste sabonete de rosas é tão, tão agradável! Acabam por ser momentos de aroma-terapia e esse é sem dúvida um dos pontos fortes deste sabonete, para mim, além de sentir que deixa a minha pele mais hidratada do que costumo senti-la usando o meu gel de banho habitual.

É feito de infusão de pétalas de rosa, que se diz ter propriedades calmantes e ser óptima para hidratar e suavizar a peleóleo de rosas - óptimo para tonificar e restaurar a coloração da pele, e muito usado em aroma-terapia para elevar o humor; xarope de rosas; e contém até mesmo pétalas frescas de rosa. Contém ainda óleos de canola e de coco, entre outros ingredientes naturais e também sintéticos. No site da marca encontram sempre a lista integral dos ingredientes dos produtos.


CONDICIONADOR CORPORAL RO'S ARGAN | VEGAN ✔
Para continuar este ritual de armoma-terapia no duche, não podia deixar de usar em seguida o condicionador de corpo Ro's Argan. Diz a Lush que está carregadinho de deliciosas manteigas e óleos essenciais para deixar a tua pele lindíssima, hidratada e a cheirar a rosas. Deve ser massajado na pele molhada como se fosse um condicionador de cabelo, antes de enxaguar e enxugar gentilmente a pele com a toalha.

Entre os ingredientes deste condicionador encontram-se o óleo de argão, que é reparador e anti-oxidante, hidrata em profundidade e é conhecido pelas suas propriedades anti-envelhecimento, por ser rico em vitamina E; óleo de rosas; óleo de amêndoas; água de nascente; manteiga de karité; manteiga de cacau; óleo de de castanha-do-brasil; entre outros ingredientes naturais e sintéticos.

Tenho que confessar que estava um pouco céptica quanto ao condicionador. Já experimentei dois de outras marcas e nenhum deles me impressionou nem voltei a comprar. Para meu espanto a experiência com o Ro's Argan foi bem diferente. Pela primeira vez senti que um condicionador de corpo deixou a minha pele realmente hidratada como quando aplico um creme hidratante. Mais uma vez, a fragrância foi também um ponto forte, e esta perdura até ao final do dia! Posso considerar-me rendida ao Ro's Argan!


RENDIDA À LUSH!
Na verdade fiquei rendida a ambos, e tê-los experimentado foi um empurrãozinho para ir até uma loja Lush conhecer e experimentar mais dos seus produtos!

Já erperimentaram este sabonete ou este condicionador da Lush? Se já usaram quaisquer outros produtos da marca que recomendem,  por favor partilhem comigo! 

A Vegan Exotic Scented Body Lotion



 Ler em Português      Read in English

Uma das metas que estabeleci para este ano, quanto à saúde e bem estar, é cuidar melhor da minha pele, não só no que toca a ter uma rotina de cuidados, como na selecção dos produtos que uso, de forma mais consciente e informada em relação aos seus ingredientes e à forma como são produzidos. 

Quando a minha irmã me ofereceu um coffret que incluía esta loção corporal, fiquei bem impressionada com o design elegante do packaging e deliciada com o perfume, mas antes de testar a sua fórmula visitei o site da marca e fiquei muito agradada com a sua filosofia. Tinha de partilhar esta boa descoberta convosco, por isso hoje falo-vos desta novidade nos meus cuidados com a pele.



No site da Aldo Vandini fiquei a saber que esta marca alemã se rege por princípios como ser Cruelty Free, não testando os seus produtos ou igredientes em animais, ser Vegan, e portanto não usar produtos de origem animal, à excepção de cêra de abelha pelas suas propriedades únicas, rotulando sempre os produtos que são absolutamente Vegan, e que não usa parabenos, optando por alternativas mais adequadas à nossa pele para preservar os seus produtos.

O perfume desta loção corporal foi sem dúvida algo que me cativou muito. É um cheiro diferente do habitual, realmente exótico, sem deixar de ser delicado, resultante da mistura deste fruto e especiaria originários da Índia  - o Tamarindo, ou Tâmara da Índia, e o gengibre. 






A sua textura leve funde-se de imediato com a pele, que fica hidratada e nada gordurosa. Considero-a adequada para peles oleosas, mistas, ou normais. Vem numa embalagem de 200 ml e não sei se é vendido noutras lojas, mas podem encontrá-lo na Pluricosmética.

Já conheciam esta marca? Quais são os produtos de cuidados com a pele do corpo que mais andam a usar? 

Styling a Sleeping Space: Going Minimal



 Ler em Português      Read in English

O ano de 2016 terminou com um post na minha categoria favorita, e o primeiro deste ano chega da mesma forma, e vem mais uma vez reforçar porque este blog se chama Monochromatic Wave.

No início de Dezembro tive necessidade de trocar a minha cama, que era num estilo shabby chic, em ferro preto. Quando avaliei as opções disponíveis no mercado (leia-se - apenas no IKEA, ou não fosse eu uma IKEA lover), percebi que a minha preferência recaía sobre os modelos mais minimalistas, mais low-profile, e acabei por escolher este modelo muito acessível, em madeira natural, a pensar em eventualmente pintá-la de branco e talvez até modificar a cabeceira. No entanto, assim que a montei, descartei logo essa ideia. Qual modificar cabeceira, qual pintá-la. Adoro-a assim mesmo!



Além da cama, aproveitei também para trocar o candeeiro da cabeceira. Como gosto de ler à noite, deitada, prefiro projectores de parede a candeeiros de mesa. É só direccioná-lo para o livro e tenho a iluminação perfeita!


A estética minimalista no design de interiores escandinavo tem vindo a tornar-se cada vez mais popular, não só nas áreas sociais da casa, como nos quartos, e o IKEA tem certamente um grande contributo neste movimento.  Eu já há alguns anos que me deixei contagiar pela tendência de mobíliário de linhas direitas e paletas monocromáticas, mas mais recentemente comecei a gostar de incorporar também o tom da madeira natural.



Cada vez gosto mais de espaços despojados e identifico-me muito com o lema Less is more. Tenho vindo a reduzir o número de objectos que decoram as superfícies, assim como as paredes, e até o número de almofadas na cama. Um design minimalista, sem confusão visual, torna o espaço mais relaxante e convidativo ao descanso.



Outro aspecto característico do minimalismo é priorizar a funcionalidade e organização. Quando escolhi esta cama, já sabia que por baixo dela caberia uma das caixas de arrumação que tenho do IKEA, em que guardo roupa fora de estação. Isso permitiu-me aproveitar melhor o espaço e levar essa caixa para fora do campo de visão, já que antes estava por cima do roupeiro, por não caber debaixo da cama que tinha.



Se também sentem necessidade de tornar o vosso quarto mais tranquilo, sem confusão visual, mesmo sem trocar mobília, comecem por olhar em volta e retirem os objectos que não são absolutamente necessários. Sejam selectivos com os objectos decorativos. Eles podem ter lugar num espaço minimalista. Dão personalidade e tornam-no mais acolhedor, mas devem ser conjugados em harmonia, numa mesma paleta de cores e em número reduzido.

Incorporar elementos da natureza também é uma óptima forma de evocar tranquilidade, por isso gosto de quebrar os neutros com o verde das plantas. Façam várias combinações de objectos para perceberem como vos parece melhor.






Pessoalmente, fotografar o espaço também me ajuda a ter perspectivas diferentes, e foi por isso que surgiu este post e que partilho convosco as várias combinações de objectos que ponderei. Nenhuma delas é definitiva, porque gosto de ir mudando as coisas de lugar, mas a da última foto é a minha favorita.

Ter menos almofadas na cama deixa-a mais simples, torna-se prático e deixa a cabeceira mais visível, o que me agrada esteticamente, com esta cama em particular. Ter um despertador analógico na mesa de cabeceira liberta-me de usar o telemóvel como despertador, que muitas vezes é um elemento de distracção que em nada contribui para uma boa noite de sono. A jarra conversa com a almofada redonda, já que ambas têm um tom cinza. O ramo de vivazes brancas é um elemento delicado que traz serenidade ao ambiente.



Estou longe de ser absolutamente minimalista, porque também gosto de algum detalhe no design. Acho que o meu estilo acaba por ser predominantemente nessa corrente, mas procuro um equilíbrio adequando-a ao meu gosto individual, com uns salpicos de peças vintage, características de um estilo shabby chic. Além das formas mais curvas, em peças de mobiliário novas, a tinta é habitualmente descascada para lhes dar um aspecto mais antigo, como é o caso (subtilmente, nas extremidades) desta mesa de cabeceira e do espelho do meu toucador (que talvez vos mostre noutra altura ;) ).

Qual foi a vossa combinação favorita? E como é o espaço em que vocês dormem? 

3rd Blogiversary + DIY Printable Cake Topper

DIY


 Ler em Português      Read in English

Três anos! Três anos desta Sofia que vos escreve, pela blogosfera. Já ando por cá há mais tempo a apreciar blogs que me inspiram, mas foi a 8 de Dezembro de 2013 que os dedos das minhas mãos pressionaram pela primeira vez as teclas do meu computador para escrever aquela que seria a primeira publicação neste blog.

Ao longo destes três anos o blog mudou. Mudou comigo, e até trocou de nome no decorrer deste ano, e passou por um rebrand: novo nome, nova morada, novo layout. A mesma essência, mas com uma identidade reinventada, expandindo os conteúdos com uma uma nova categoria: Photoshoots. Sendo este um espaço em que partilho alguns dos meus interesses e faço por incentivar à criatividade, além de ajudar bloggers com as minhas dicas de Blogging, estava a faltar partilhar com mais ênfase aquilo que mais amo fazer: Fotografar.



Foi também neste terceiro ano que decidi tornar ainda mais positiva a minha presença na blogosfera introduzindo uma novidade aos meus serviços fotográficos: As Sessões Fotográficas Para Bloggers, com condições e valores exclusivos, que diferem dos meus restantes serviços de Fotografia de Moda e Retrato. É muito gratificante para mim trabalhar a fazer o que mais gosto, é claro, mas é igualmente gratificante quando esse trabalho passa também por ajudar-vos a renovar a vossa imagem e identidade visual, a criar conteúdo, além de registar em fotografia momentos de uma época da vossa vida que ficam para a posteridade! 

Além disso, adoro conhecer pessoas novas e ao longo destes 3 anos, em eventos e nestas sessões fotográficas tive a oportunidade de conhecer pessoas bem interessantes, criativas, e com quem vou mantendo contacto, e é isso que mais gosto aqui pela blogosfera :), dessa interacção convosco, quer virtualmente, quer pessoalmente!

Espero que os próximos anos com o blog me tragam coisas igualmente boas! Eu sei que vou continuar a dedicar-me para vos trazer bom conteúdo e retribuir-vos o mesmo carinho que me têm dado! Obrigada por me acompanharem aqui pelo blog, pelo Facebook, pelo Instagram. Obrigada  por cada e-mail, cada mensagem, cada oportunidade de trabalho!



 Em retribuição pelo vosso apoio, trago-vos um DIY facílimo de recriar, e um free Printable: uma decoração de topo de bolo com bandeirolas, que poderão usar em qualquer ocasião que queiram festejar e criando a mensagem que desejarem..."Feliz Aniversário", quem sabe! ;) Um bolinho cai sempre bem, e todas as datas especiais, todas as surpresas boas da vida, todas as conquistas merecem ser celebradas! :)



 Só precisam de:
- 2 Palitos (de coctktail / barbecue) ou palhinhas de bebidas
- As bandeirolas que fiz e que podem descarregar para imprimir aqui (alfabeto) e aqui (números)
- Cordel, tesoura e cola.



Como fazer:
Comecei por imprimir as bandeirolas e recortá-las. Em seguida coloquei os palitos no bolo para ter uma melhor percepção do comprimento necessário do cordel a cortar. Depois disso foi só aplicar cola nas bandeirolas, dobrá-las a meio, fixando-as ao cordel, e por fim prendê-lo aos palitos. Acho que é tão simples que dispensava instruções, mas para que não haja quaisquer dúvidas... :)




Espero que tenham gostado deste post em celebração do terceiro aniversário do blog, que tenha sido inspirador para vocês, e que aproveitem este freebie em alguma ocasião! :) O que acharam dele? 

DIY Plant Pot and Candle Holder Makeover

DIY


 Ler em Português      Read in English

Se me seguem pelo Facebook ou pelo Instagram, já devem ter percebido o quanto eu adoro incorporar plantas na decoração, em qualquer divisão da casa. E já lá vão os tempos em que eu comprava apenas plantas artificiais pela comodidade de não exigirem quaisquer cuidados de manutenção, mas essa transição está a fazer-se gradualmente, começando por cactos e suculentas.

Na verdade, esta paixão começou graças a uma amiga muito querida que é uma autêntica plant lover, que por tanto partilhar comigo o seu entusiasmo com plantas, especialmente cactos e suculentas, acabou por me influenciar na minha ligação com elas.

Entre recomendações desta amiga e ensinamentos da Senhora Internet, tenho aprendido como cuidar delas e actualmente tenho uma família de 6 mini-cactos e uma suculenta que parecem estar felizes neste lar. Quatro deles estão em vasos de cerâmica, e os outros três estavam ainda nos vasos de plástico em que vieram quando os comprei, o que me levou a querer transplantá-los para vasos mais bonitos.



Foi então que, para este pequeno projecto, reuni um vaso de terra-cotta (de um defunto manjerico) e dois copos de velas que decidi decorar desta forma:

Vaso de terra-cotta pintado com tintas branca e verde menta




Copos de vela decorados com papel contact em padrão mármore e faixa de renda

Ao tirar esta foto esqueci-me de algo essencial - incluir os copos (A sério, Sofia?!). Felizmente a composição tinha o espaço negativo necessário para uma aldrabice manhosa - conseguir aplicar ali os copos com uma foto do site do IKEA 😆





Adorei o resultado e acho que as minhas plantinhas ficam ainda mais bonitas aqui! Aqui fica a família completa:


E vocês, o que acham?  E também têm cactos ou suculentas aí por casa?